(55) 3781-1711 contato@srsa.com.br

Reunião por videoconferência será testada para continuidade do levantamento

No dia 21 de maio, produtores de soja, milho e trigo de Carazinho estarão reunidos com representantes da Farsul, CNA e Esalq-Cepea para a coleta de informações sobre custos de produção. O levantamento faz parte do projeto Campo Futuro que está em seu décimo terceiro ano. A novidade está na forma como pesquisa será realizada. Com apoio do Sindicato Rural de Carazinho, será realizada uma videoconferência. Essa foi a alternativa para dar continuidade a um trabalho, já consolidado, diante das medidas de distanciamento social no combate ao novo coronavírus.
O formato é inédito no estudo realizado em todo país, conforme informa o economista Ruy Silveira Neto, representante do Sistema Farsul na pesquisa há cinco anos. Esta primeira reunião será piloto e no dia seguinte já está agendada uma avaliação para eventuais ajustes e ampliação das praças no Rio Grande do Sul e, posteriormente, no Brasil. O economista informa que a intenção é realizar uma reavaliação a cada duas videoconferências para aperfeiçoamento do trabalho. Com a aprovação da forma, as próximas datas e praças das reuniões serão agendadas.